Das 20 melhores escolas da PB no Enem, apenas duas são públicas

Apenas duas instituições públicas estão entre as 20 melhores escolas da Paraíba no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2009. Na outra ponta da lista, entre as 20 piores, 19 são da rede estadual de ensino. O ranking nacional, incluindo as notas detalhadas de cada escola participante por Estado, foi divulgado nesta segunda-feira (19) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).

Assim como na Paraíba, nacionalmente apenas duas escolas públicas se destacaram entre as 20 melhores. Entre as 20 escolas com as piores médias, 19 são estaduais e uma é municipal. Aqui, a Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Senador Argemiro de Figueiredo, em Campina Grande, foi a pior colocada.

Voltando à Paraíba, os melhores desempenhos de instituições públicas são os dos setores de Ensino Médio Regular (EMR) e Educação de Jovens e Adultos (EJA) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (Ifet-PB), em João Pessoa, em 5º e 10º lugar respectivamente. A lista ainda tem a presença da Escola Técnica de Saúde de Cajazeiras em 17º e 18º lugar, nas duas modalidades diferentes.

Na listagem geral, incluindo os colégios particulares, o ranking tem o Centro Pessoense de Educação (Motiva) em 1º lugar por mais um ano, o Instituto João XXIII em 2º, ambos em João Pessoa, seguidos do Centro Campinense de Educação (Motiva), de Campina Grande, em 3º lugar. Das 10 melhores, oito são de João Pessoa e duas de Campina Grande.

As melhores do país

As escolas públicas bem colocadas são o Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Viçosa (UFV), em Minas Gerais, no 7º lugar, e o Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira (CAP-Uerj), que funciona na Universidade do Estado do Rio de Janeiro e ficou na 17ª posição.

O Colégio Vértice, em São Paulo, foi o melhor colocado, com a média geral 749,70 pontos, incluindo a prova objetiva e a redação, feita pelos estudantes do último ano do ensino médio. No ano passado, a escola, que é particular, ficou na 10ª colocação.
O Instituto Dom Barreto, de Teresina, no Piauí, também particular, ficou com a segunda posição no ranking do Brasil, com 741,54 pontos, e o Colégio de São Bento, no Rio de Janeiro, foi a terceira melhor escola do país, com 741,32 pontos.

No lado oposto da lista, está a escola Escola Estadual Indígena Dom Pedro I, Santo Antônio de Içá, no Amazonas, que, com 249,25 pontos de média, ficou com a pior colocação do ranking do Enem

Veja as melhores e piores escolas de cada estado clicando aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: