Felipe Melo passa de herói e vilão na eliminação brasileira na Copa

Depois de passar um jogo fora, por lesão, Felipe Melo foi a novidade da seleção na partida desta sexta-feira contra a Holanda em Port Elizabeth. No jogo que marcou o adeus brasileiro da Copa, o volante titular de Dunga visitou os extremos, em instantes de herói e vilão em jogadas decisivas do confronto das quartas de final.

No primeiro tempo, logo aos 10min, Felipe Melo fez a assistência para o gol de Robinho em um preciso lançamento vertical pelo meio da defesa holandesa. No lance, o atacante teve o trabalho apenas na finalização na frente do goleiro Stekelenburg.

A etapa final reservaria o instante de baixa do volante brasileiro na partida. Aos 8min, em cruzamento de Sneijder da direita, Felipe Melo se antecipou ao goleiro Julio Cesar e desviou de cabeça em direção às próprias redes.

Mas o pior estava por vir. Aos 28min, Felipe Melo pegou Robben por trás e recebeu o cartão vermelho do árbitro japonês Yuichi Nishimura, em seu último ato na Copa da África do Sul.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: