Imprensa italiana resume a eliminação na Copa: “vergonha”

A imprensa da Itália dá grande destaque ao “Mundial da vergonha” e responsabiliza o treinador Marcelo Lippi pelo “desastre” da campanha da seleção do país na Copa do Mundo da África do Sul, após a derrota por 3 a 2 para a Eslováquia e a eliminação ainda na primeira fase.

A palavra “vergonha” é a mais utilizada nas capas dos jornais que chegam nesta sexta às ruas do país. A imprensa afirma que a eliminação é uma das páginas mais tristes da história do futebol tetracampeão do Mundo.

O “Corriere dello Sport”, por exemplo, traz “Vergonha!” em letras enormes como sua manchete. Em suas páginas interiores, o diário esportivo destaca a opinião da maioria dos italianos: “Lippi, a culpa é só sua”.

Desde a Copa de 1974 a Itália não ficava fora de uma Copa do Mundo ainda na primeira fase. Desta vez, porém, a situação é ainda pior, já que a Azzurra nunca tinha saído de um Mundial sem vencer nenhum jogo.

“É a página mais horrível e humilhante de nossa seleção”, afirma uma coluna assinada por Alessandro Vocalelli e publicada na capa do próprio “Corrierre dello Sport”.

“Tudo negro! A pior Itália da história está fora”, é o que destaca a capa do “La Gazzetta dello Sport”, o jornal esportivo mais lido do país, que acrescenta em suas páginas internas: “Itália para chorar”.

Desde o início da Copa, como lembra a imprensa italiana, os torcedores questionaram as decisões do treinador, que não convocou jogadores como Antonio Cassano (Sampdoria) e Marco Ballotelli (Inter de Milão), ou outras opções para o ataque.

Para a “Gazzetta dello Sport”, Lippi é culpado por ter ficado “muito unido a seus homens de confiança” e não ter feito testes com jogadores como Cassano e Balotelli.

“O Mundial da vergonha. A Itália volta para casa”, destaca o jornal generalista “La Stampa” que afirma que a campanha foi o “fracasso de Lippi”, e a “página mais negra do futebol italiano”.

As palavras do volante Gennaro Gattuso, que disse que o time italiano passou de “campeões do mundo” a “cavalheiros da vergonha”, foram publicadas em vários veículos.

O jornal romano “Il Messaggero” fala que o time foi eliminado “sem honra”. A publicação dedica um grande espaço à amargura, raiva e tristeza dos italianos que acompanharam a partida perante telões instalados em vários pontos importantes do país.

Para o jornal “La Repubblica” a Copa se resume em “vergonha e lágrimas” para os italianos, e a eliminação é a “Waterloo azzurra”.

Fonte: Da agência EFE

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: