Maranhão quer PT na chapa majoritária, mas não garante vice-governadoria

“A única garantia que posso dar agora é que o PT terá espaço na majoritária”, afirmou nesta quinta-feira, dia 22, o governador José Maranhão (PMDB) ao ressaltar que o espaço não significa a manutenção da vice-governadoria ocupada por Luciano Cartaxo (PT).

“A boa relação com o PT continua, já que o PMDB é aliado de Lula, mas isso não indica que a vaga de vice está decidida. Não precisamos apontar cargos agora”, despistou o peemedebista durante entrega de certificados do programa ProJovem Empreendedor, em João Pessoa.

A declaração de Maranhão aprofunda o impasse no processo de composição da chapa encabeçada pelo PMDB ao Governo do Estado, resultante dos vários percalços na relação interlegendas. Para o PT só a vice interessa, já que o único potencial candidato ao Senado, deputado federal Luiz Couto não obteve apoio interno para compor com o pré-candidato, Ricardo Coutinho e anunciou sua reinvestida à deputação federal. Mesmo os petistas do bloco de apoio a Maranhão, insistem em ratificar que opartido aposta todas as fichas na vice.

“Pleiteamos o que já temos e não vemos nenhum problema nisso já que achamos que dentro deste processo de disputa, a vice é a vaga mais indicada para o nosso partido. Continuamos conversando com o governador e esperamos um retorno favorável”, otimizou nesta quinta-feira o secretário de Articulação Governamental do Estado, Anselmo Castilho (PT). Ele adiantou que manterá reuniões consecutivas com o governador no Rio de Janeiro e em Brasília na próxima semana. “Cada encontro é uma oportunidade de se afinar este diálogo”, sinaliza.

Vencida a etapa dentro do PT com a aprovação do seu nome no último Encontro Estadual realizado este mês na Capital, Luciano Cartaxo não obteve sinais de que conseguirá arrematar uma confirmação do PMDB antes de junho, data estabelecida por Maranhão para o anúncio do vice.

“O que mais queríamos nós alcançamos que foi essa unidade de 80% que apoia Maranhão e confirma Cartaxo para vice. Tenho certeza de que quando Maranhão afirma este espaço para nós, ele pensana vice, conforme preconizamos. Esta negociação muito bem conduzida pelo presidente Rodrigo Soares terá um bom desfecho”, sustenta Castilho.

Para além dos limites partidários, Cartaxo ainda tem de enfrentar o discurso de lideranças peemedebistas que levantam a tese da chapa puro sangue, a exemplo do presidente municipal da legenda, Benjamin Maranhão que indicou o ex-deputado Roberto Paulino para vaga. Outra barreira para o PT, é a tese dos partidos aliados de que o espaço deve ser ocupado por nome com maior densidade eleitoral.

Crime eleitoral

Após desdenhar as edições dos encontros da Oposições ocorridas em João Pessoa e Campina Grande, Maranhão criminalizou o movimento que estaria acontecendo fora do prazo previsto pela legislação eleitoral. “A regra é clara, estas mobilizações só deveriam ser deflagradas após as convenções em junho. Estes encontros fora da legalidade podem ter graves consequencias ao processo eleitoral de outubro”, arrematou.

Agenda

Castilho pontua que na próxima segunda-feira, Maranhão assina contrato de financiamento de US$ 138 milhões com a Corporação Andina de Fomento (CAF) destinado à recuperação de estradas. Na terça, Maranhão se encontra com o presidente da CBF, Ricardo Teixeira. Na pauta, a avaliação de João Pessoa para subsede da Copa. Já na quarta-feira, o governador paraibano assina contrato com o BIRD liberando US$ 30 milhões para o projeto Cooperar.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: