PF investiga voto trocado por “piercing”

Cem pessoas são investigadas por crimes eleitorais na Paraíba; voto foi trocado por pneu e até por piercing

A Policia Federal do Estado da Paraíba investiga cerca de 100 pessoas envolvidas em crimes eleitorais no Estado. A informação é do delegado da Policia Federal, Derly Brasileiro.

Em entrevista na manhã desta quinta-feira, Brasileiro detalhou o que classificou de “desvalorização” do voto, instrumento que representa a democracia do país. “É uma atitude tão repugnante que nós tivemos uma eleitora que procurou um candidato nas eleições 2008 e pediu dinheiro para colocar um pircieng no umbigo, e temos outro eleitor que pediu uma ajuda para um candidato à troca de um pneu para que ele mudasse o domicílio eleitoral”, revelou.

Segundo Derly Brasileiro, a principal meta em 2010 da Polícia Federal é “limpar” as investigações e para que isso ocorra, será realizada uma reunião na primeira semana de maio com todos os delegados que atuam com crime eleitoral na região de Patos.

O delegado também relatou que as principais ocorrências registradas são: compra de voto e o indução para que eleitores se inscrevam irregularmente na Justiça Eleitoral. A pena para tais delitos é a reclusão.

Derly Brasileiro concedeu entrevista ao Programa Paraíba Notícia, na Rádio 100.5 FM aos jornalistas Adelton Alves e Edmilson Pereira.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: